Welcome to SIARQ - UNICAMP   Click to listen highlighted text! Welcome to SIARQ - UNICAMP Powered By GSpeech

Fórum de Inovação e Sustentabilidade Campinas lança "Projeto Interdependência" na PUC-Campinas

No dia 12 de dezembro, o Fórum de Inovação e Sustentabilidade Campinas (FISC) lançou, na PUC-Campinas, o projeto “Interdependência”, com apoio financeiro da Lei Rouanet e da empresa Bosch. O objetivo é divulgar, por meio de um site, toda a trajetória da ciência, tecnologia e inovação na região de Campinas.

A cidade está entre os mais desenvolvidos centros de alta tecnologia, graças à presença de importantes instituições de pesquisa, que se instalaram ainda no século XIX, como é o caso do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), então chamado “Imperial Estação Agronômica de Campinas”. A Unicamp foi e é parte significativa dessa história e também compõe o conteúdo do site, organizado em áreas como A importância da ciência da tecnologia e da inovação no cotidiano da vida coletiva; Polo de alta tecnologia de Campinas; História das instituições e Linha do Tempo. O projeto busca disseminar a importância da região no setor e contribuições das instituições.

Algumas fotografias do acervo histórico do AC/SIARQ, enviadas a pedido da historiadora Isabela Salgado, compõem a linha do tempo e o conteúdo textual da página. Elas remetem à atuação do físico Cesar Lattes, professor da Unicamp, e à vista aérea do campus de Barão Geraldo em 1976.

Leia a matéria completa: https://www.puc-campinas.edu.br/forum-de-inovacao-e-sustentabilidade-campinas-lanca-projeto-interdependencia-no-mescla-na-puc-campinas/

Acesse o site do projeto: https://www.forumcampinas.org.br/interdependencia/

interface1

 

Marcelo Rubens Paiva de volta à Unicamp

O escritor, roteirista e dramaturgo paulistano Marcelo Rubens Paiva é o convidado deste ano para o Programa “Hilda Hilst” do Artista Residente do Instituto de Estudos Avançados da Unicamp (IdEA). A programação “Do começo até aqui” inclui palestra e oficinas entre os meses de outubro e dezembro de 2023. A palestra inaugural do ciclo de atividades, “Marcelo Rubens Paiva: a missão de um escritor”, será no próximo dia 20, às 14h, no Anfiteatro do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). As oficinas seguem até 1 de dezembro, mediante inscrições.

Paiva é autor de diversas obras, entre elas “Feliz Ano Velho” (1982), a mais vendida do Brasil na década de 1980. Com diversos roteiros, direções e prêmios no currículo, o escritor não se esquece de sua vivência na Unicamp, onde cursou Engenharia Agrícola no fim da década de 1970 e fez mestrado em Teoria Literária no IEL.

Publicamos uma reportagem do Jornal da Unicamp (ed. 07), março de 1987, que está em nosso acervo histórico. Na entrevista, ele relata como lidava com a fama repentina após os recordes de vendas de livros e faz críticas sobre o ensino superior, a necessidade de uma formação mais humanista e cultural entre os estudantes e as bandeiras dos movimentos estudantis naquele momento. Ele também recorda o período de vivência na Universidade, da experiência de morar em república fora de sua cidade, e sua atuação no Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Unicamp como um dos fundadores.

JU 00070006

Roda de conversa encerra exposição "40 anos do acervo de Sérgio Buarque de Holanda na Unicamp"

A exposição "40 anos do acervo de Sérgio Buarque de Holanda na Unicamp", lançada há pouco mais de três meses no saguão da Biblioteca de Obras Raras e Especiais “Fausto Castilho” (BORA), se encerrou dia 28 de setembro. A mostra, realizada pelo Arquivo Central do Sistema de Arquivos e pela BORA, com apoio da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (ProEC) e da Coordenadoria Geral da Unicamp (CGU), buscou revelar a potencialidade do acervo documental e bibliográfico que a Unicamp adquiriu a partir de 1983. Foram expostos coleção de livros, periódicos e documentos que evidenciam o que o historiador reuniu ao longo de décadas de trabalho. 

Uma roda de conversa, de cunho acadêmico e aberta ao público, compôs o evento de encerramento. Participaram os professores Pedro Meira Monteiro (Princeton University), Lilia Katri Moritz Schwarcz (FFLCH/USP), além de Thiago Lima Nicodemo (IFCH/Unicamp) e coordenador do Arquivo Público do Estado de São Paulo. Referências em pesquisa sobre o legado de Sérgio Buarque de Holanda, eles refletiram sobre “Raízes do Brasil” e “Visão do Paraíso”, duas das obras mais importantes do historiador. Seu papel como idealizador de projetos e acervos em instituições públicas também foi lembrado.

A abertura do evento contou com a presença do pró-reitor de Extensão e Cultura, Fernando Coelho, que destacou a importância da exposição para a Universidade. “Trata-se de um acervo fundamental para o Brasil e o desejo da ProEC é que as coleções da Unicamp estejam sempre disponíveis à sociedade”. 

Proposta colaborativa entre AC/SIARQ e BORA atraiu 2.500 visitantes

De acordo com Danielle Thiago Ferreira, coordenadora da BORA, a estimativa de visitantes da exposição foi de 2.500 pessoas. “Além do público da própria Unicamp, realizamos um trabalho educativo com estudantes de ensino fundamental e médio, por meio de escolas que nos procuraram”. Danielle também mencionou o evento “Unicamp de Portas Abertas” (UPA), realizado em maio, cuja programação contou com a exposição, incluindo visita guiada por um dos curadores”. Janaína Andiara dos Santos, coordenadora do AC/SIARQ, destacou o contexto da aquisição do acervo do historiador. “A chegada dos livros e documentos de Sérgio Buarque tem a ver com a própria institucionalização do Sistema de Arquivos e de Bibliotecas, no início da década de 1980, momento em que esse modelo de gestão ainda era incipiente no Brasil”. Janaína também avaliou a importância do evento para a visibilidade do trabalho de difusão. “Nesses três meses, abrangemos especialistas na vida e na obra de Sérgio, por meio de seminários e entrevistas, mas também o público em geral”.

Nicodemo, que também integrou a equipe de curadores da exposição, passou a palavra aos convidados, após relatar algumas curiosidades e comemorar os resultados. "Evidenciamos nestes painéis e vitrines, por exemplo, o papel protagonista de Maria Amélia Buarque de Hollanda, esposa de Sérgio, na constituição de seu acervo documental e bibliográfico. O que vocês veem aqui foi uma iniciativa colaborativa, algo que não acontece todos os dias na Universidade”, afirmou o professor.

expo_equipe_encerramento_expoSBH

Unicamp abre concurso para profissional de arquivos

 
As inscrições estão abertas entre 05 de outubro e 16 de novembro de 2023. Informações como requisitos obrigatórios, procedimentos para inscrição e instruções sobre as provas podem ser consultadas nos editais de abertura disponíveis no Portal DGRH (menu Concursos – Concursos Públicos – Inscrições Abertas) e no site da Fundação Vunesp.
 
 
Concurso Público

Falece Ana Maria de Almeida Camargo, grande referência na Arquivologia

Com muito pesar, recebemos a notícia do falecimento de uma das maiores referências em Arquivologia no Brasil. A historiadora Ana Maria Camargo partiu na noite de 24 de setembro de 2023, aos 78 anos. Ana formou gerações de profissionais em arquivo junto ao Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Em seu currículo, contribuiu para diversas instituições arquivísticas, como a Associação dos Arquivistas Brasileiros (AAB), o Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro e o Arquivo Histórico de São Paulo. Foi uma das fundadoras da Associação de Arquivistas de São Paulo (ARQ-SP).

Ana esteve na Unicamp mais de uma vez. Em outubro de 2010, participou como palestrante no Fórum Permanente “Obras Raras e Coleções Especiais”, evento que discutiu critérios para reunir, preservar e dispor o acesso às coleções e arquivos de documentos raros e especiais. Em 2022, esteve no Arquivo Edgar Leuenroth (AEL) para prestar assessoria à área de processamento técnico e organização de arquivos pessoais. A oficina contou com participação do AC/SIARQ. Em março deste ano, voltou ao AEL e ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) para uma visita ao arquivo e para ministrar a palestra sobre a história da preservação do acervo "Brasil: Nunca Mais", que revelou crimes cometidos durante a ditadura militar. 

A foto desta publicação é de 2010, registrada no Instituto de Estudos Brasileiros da USP (IEB/USP), durante um laboratório para organização do arquivo de Adoniran Barbosa, com presença de profissionais do AC/SIARQ e de outras órgãos da Unicamp.

Ana Maria Camargo

Notícias dos anos anteriores:

2022

O AC/SARQ conquistou, por meio de seus funcionários, a menção honrosa ao projeto “SIGAD – Processo Digital” na solenidade de premiação aos melhores projetos submetidos ao Prêmio Paepe...

2021

O Dia Internacional de Preservação Digital, celebrado em 4 de novembro, marcou a realização do Fórum Permanente "Repositório Arquivístico Digital Confiável...

2020

Atendendo às diretrizes da Administração Central da Universidade no contexto de ações preventivas ao COVID-19, o atendimento presencial do presencial do Arquivo Central do Sistema...

2019

Sistemas Informatizados de Gestão de Documentos (SIGADs): desafios para implementação. Data: 28/11/2019. Horário: 14 às 18h Local: Auditório Verde do Centro de Capacitação do...

2018

Atualização do Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade de Documentos das Atividades-Meio do Estado de São Paulo é publicado Foi publicado o decreto nº 63.382, de 9 de maio de...

CONTATOS DO SIARQ

Arquivo Central do Sistema de Arquivos - SIARQ
 Horário de Atendimento:
    De 2ª a 6ª feira - das 8h30 às 17h30

SIGAD-UNICAMP (Processo em papel, Processo Digital, Atos-Administrativos)
  protcent@unicamp.br
  Chat: protcent@unicamp.br  
 +55 19 3521-6449
   

Consultas e/ou informações do acervo histórico:
  acervoac@unicamp.br
 +55 19 3521-6457

Administrativo:
  siarq@unicamp.br
  +55 19 3521-6440 / +55 19 3521-6456

  Praça Henfil, 50, Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Barão Geraldo, Campinas - SP - Brasil, 13083-895

Click to listen highlighted text! Powered By GSpeech